terça-feira, junho 25, 2024
25.8 C
Portel

Homem é preso suspeito de sequestrar e abusar de criança

O Disque 100 (Disque Direitos Humanos) registrou mais de 17 mil violações sexuais contra crianças e adolescentes de janeiro a abril deste ano. Nos quatro primeiros meses de 2023 foram registradas, ao todo, 69,3 mil denúncias e 397 mil violações de direitos humanos de crianças e adolescentes, das quais 9,5 mil denúncias e 17,5 mil violações envolvem violências sexuais físicas – abuso, estupro e exploração sexual – e psíquicas. Porém, esses números foram muito maiores se contabilizados os registros até o final do ano. E, no Pará, um crime chocou os moradores do município de Tailândia, no nordeste paraense, no final do ano.  Um homem foi preso por suspeita de sequestrar duas crianças e abusar de uma delas. O caso aconteceu no final do mês de dezembro. A investigação é mantida sob sigilo de justiça.  
Na noite de 26 de dezembro, os irmãos, um de 4 e outro de 9, estavam indo a um supermercado, quando foram  levados pelo homem, que estava em uma motocicleta, até uma vicinal na área rural da cidade. As crianças foram abandonadas no local e encontradas no mesmo dia. Conteúdo relacionadoParaense desaparece no Reveillon e é encontrado morto em SCVídeo: ladrão cai ao tentar roubar fiação elétrica no RJVeja quais os itens proibidos na compra de material escolar
De acordo com a Polícia Civil, agentes da Delegacia de Tailândia deram cumprimento à prisão temporária do suspeito. Ainda conforme a PC, o caso segue em sigilo de justiça.Quer saber mais notícias do Pará? Acesse o nosso canal no WhatsAppNota na íntegra
“A Polícia Civil informa que, por meio da Delegacia de Tailândia, deu cumprimento a um mandado de prisão temporária contra um homem suspeito do sequestro de duas crianças e de ter abusado sexualmente de uma delas. O caso segue em apuração sob sigilo”.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade