sábado, maio 25, 2024
23.2 C
Portel

Está cada vez mais difícil segurar Pablo Roberto no Remo

O Clube do Remo está na final do Campeonato Paraense, chegou até  a 3ª fase da Copa do Brasil e, apesar da derrota por 3 a 1 diante do São Bernardo, na estreia da Série C do Campeonato Brasileiro, mantém a confiança em uma boa campanha na competição nacional que garante vaga para a segunda divisão do futebol brasileiro.
E muito destas classificações, além do otimismo da torcida, tem a ver com a grande fase do meia Pablo Roberto. O jogador, de 23 anos, vive o melhor momento da carreira e já teve seu nome especulado por equipes da Série A do Brasileirão, como é o caso do São Paulo-SP.
LEIA TAMBÉM:Pablo Roberto e Muriqui: a dupla de sucesso no Clube do RemoMeia do Clube do Remo entra no radar de clubes da Série APrincipal articulador de jogadas do Leão Azul, o meia-atacante vem sendo um dos destaques da temporada e tornou-se, com o técnico Marcelo Cabo, o termômetro da equipe remista. Quando joga bem, a vitória é quase certa. No entanto, quando não faz uma grande jornada, o time azulino encontra sérias dificuldades para controlar o meio-campo e criar oportunidades de gol.
Jogando aberto pelo lado direito, Pablo Roberto voltou a cair nas graças da torcida – após uma breve queda de desempenho – ao ser o principal nome da goleada por 4 a 0 aplicada sobre o Cametá, no jogo de volta das semifinais do Parazão.
Além de infernizar a defesa adversária desde o primeiro minuto de partida, ele foi o autor da bela jogada que deu origem ao gol marcado por Muriqui, que abiu caminho para a classificação à decisão do certame estadual, além de ter marcado um golaço na segunda etapa.
ASSÉDIO DE OUTROS CLUBES
Com tamanho destaque na temporada azulina, o futebol de Pablo Roberto passou a ser cobiçado por outros clubes brasileiros. Logo após a atuação de gala na vitória sobre o Coirinthias (2 a 0), no jogo de ida pela Copa do Brasil, em Belém, a diretoria do Vila Nova-GO, clube que detém os direitos federativos do jovem atleta, disse ter recebido sondagens de equipes que disputam a Série A do Brasileirão.
Entretanto, na ocasião, a direção do Remo tratou de jogar água fria na fervura e alegou não ter sido informada sobre qualquer proposta ou negociação em andamento. Agora, porém, a situação parece ser bem mais séria. 
Segundo apuração do GE.com, o São Paulo tem monitorado a situação de Pablo Roberto e já sabe que precisará desembolsar R$ 4 milhões caso queira adquirir os direitos econômicos do atleta, na próxima janela de transferências, entre os dias 3 de julho e 2 de agosto. Já no caso de uma negociação para o exterior, a direção do Vila Nova estabeleceu o valor da multa rescisória em R$ 10 milhões.Como parte do contrato de empréstimo, a cláusula de “clube vitrine” garante ao Remo 20¨% do valor total do negócio. Apesar disso, ninguém no Baenão gostaria de ver o melhor jogador da equipe saindo do Baenão.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade