segunda-feira, junho 24, 2024
25.8 C
Portel

Morador vê fantasma em antigo hospital de Belém e viraliza

Belém possui uma riqueza muito grande de histórias. Além dos fatos históricos, a cidade, assim como todo o estado do Pará, carrega muitos relatos e contos sobre apreciações paranormais e fantasmas, além de personagens do folclore Amazônico como a Matinta Pereira, Curupira e Uiara. Um internauta paraense compartilhou na rede social X (Twitter), um relato forte sobre uma aparição no seu antigo apartamento em um prédio da rua Benjamin Constant, esquina com a Avenida Nazaré, no bairro Nazaré. CONTEÚDO RELACIONADO Fantasma aparece em vídeo gravado em festa de aparelhagem; assista!Funcionário da UFPA grava fantasma na universidadeRelato da maldição do palacete Bibi Costa viraliza em BelémSegundo o relato do usuário, há dois anos ele se mudou para um apartamento “dos anos 60 em Nazaré”. O jovem morou por um ano sozinho no local, até que um dia, ele viu um senhor, de acordo com ele, moreno, de cabelos brancos e com um olhar fixo nele. “Tô muito chocado com o que descobri agora: Há dois anos, me mudei para um apartamento dos anos 60 em Nazaré. Morei sozinho nele um ano. Uma noite, acordei no meio da madrugada com um senhor de idade em pé, ao lado da minha cama. Ele me olhava dentro dos olhos. Eu estava gelado”, contou. Ainda conforme o relato dele, ele não conseguiu esboçar uma reação e descreveu que o olhar do senhor era de “raiva, muita raiva”. “Ele claramente disse para mim: ‘Sai, sai daqui!’ Ele flutuou e sumiu”.  
  Em outro dia, quando estava na companhia de amigos, o jovem disse que a porta do roupeiro foi aberta e, assim como a porta do quarto foi fechada e aberta duas vezes. Além disso, o internauta contou que já sentiu fenômenos em outros lugares. “A garagem, por onde desço todo dia para ir para a Casa Pinho, tem uma energia péssima. Já aconteceu de me arrepiar todo, de sentir presença e de ouvir murmúrios. Principalmente perto do elevador da garagem”, revelou. O susto do jovem foi descobrir, ocasionalmente, por meio de uma publicação da página Belém Antiga, no Instagram, que o prédio em que ele morava era no início do século XX um hospital psiquiátrico, onde eram realizados tratamentos de choques nos pacientes.  
  Quer saber mais notícias sobre o curiosidades? Acesse o nosso canal no WhatsApp!”Pois bem. Hoje eu tava no insta e descobri que o local do prédio era um hospital psiquiátrico que aplicava choque nos pacientes, fazia cirurgias e internações. Isso explica muita coisa. Bom, acredita quem quiser, mas eu sei o que vivi”, concluiu o internauta. Tô muito chocado com o que descobri agora: Há dois anos, me mudei para um apartamento dos anos 60 em Nazaré. Morei sozinho nele um ano. Uma noite, acordei no meio da madrugada com um senhor de idade em pé, ao lado da minha cama. Ele me olhava dentro dos olhos. Eu estava gelado— 🪷✈️ (@tiagodepinho) January 11, 2024 História No local do prédio, no início do século XX, funcionava uma clínica que fazia tratamentos “eletroterapia” em pessoas que tinham crises psicológicas. O hospital não era público e ficou conhecido, segundo o Belém Antiga, como a primeira Casa de Saúde particular de Belém. A clínica fazia cirurgias em mulheres, oferecia internações, além da terapia. Mesmo que o foco fosse no público feminino, o local atendia outros pacientes. Ver esta publicação no Instagram Uma publicação partilhada por Belem Antiga (@belemantigaoficial) Apesar de a eletroterapia ser conhecida hoje em dia, não se sabe exatamente como era feito esse tipo de tratamento na época, já que os recursos e estudos não eram tão avançados. Além disso, esse tipo de terapia é indicado para problemas musculares e não psicológicos. 

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade