quarta-feira, maio 29, 2024
26.3 C
Portel

“Flechada” de Nicolas é inspirada no ídolo bicolor Robgol

A prática de racismo e xenofobia no futebol tem sido combatida de diversas formas por atletas, que procuram mostrar a identidade de um povo no momento mais sublime do esporte, no caso do futebol, o ato de comemorar um gol.
Atuando no Ceará-CE, o atacante Nicolas não esquece o Paysandu e o futebol paraense, ao ponto de revelar uma inspiração que o motivou a sua atual comemoração ao balançar as redes adversárias: a flechada.
O jogador revelou que o ato se deu em referência ao ídolo do Papão, o ex-atacante Robgol, que marcava gols imitando uma flechada de um índio, em alusão à defesa aos povos indígenas da Amazônia, especialmente os paraenses, que sofreram com atos de xenofobia em competições nacionais.
“Ele (Robgol) comemorava em alguns jogos dessa maneira, muito em relação a protestos de xenofobia, de preconceito, justamente à região Norte”, afirma o jogador, em entrevista concedida a Rádio O Povo, do Ceará.

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  
Por incrivel que pareça, a flechada de Nicolas surgiu em um episódio envolvendo o Clube do Remo, maior rival do Paysandu: em jogo disputado pela Série C de 2019, atletas do Leão sofreram xenofobia quando atuaram fora de casa. Na mesma rodada, o Paysandu venceu com gol de Nicolas, que veio a comemorar desta forma.- Polícia prende torcedores acusados de racismo a Vini Junior“Achei que nesse tipo de situação, mais pessoas precisam se pronunciar, se posicionar. Naquele momento eu me posicionei, me identifiquei com a comemoração e desde então tenho feito ela”, diz o atacante.
Atualmente no Vozão, Nicolas disputou seis partidas e marcou dois gols pelo time que atualmente ocupa a 11ª posição, com dez pontos ganhos.
NO PAYSANDU
Nicolas chegou ao Paysandu em 2019 e ficou no clube até 2021, em uma passagem marcada por gols, carinho da Fiel e pelo título do Parazão. O jogador é o maior artilheiro do clássico Re-Pa no século XXI, com oito gols marcados. Pelo Papão, Nicolas marcou 37 gols, em 103 partidas oficiais.

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  
E MAIS 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade