segunda-feira, junho 17, 2024
24 C
Portel

‘Celular Seguro’: Pará é o oitavo estado com mais bloqueios no primeiro mês do serviço

O Pará é o oitavo estado brasileiro com maior número de celulares bloqueados por meio do aplicativo Celular Seguro, criado como uma forma de impedir roubo de aparelhos telefônicos, no primeiro mês do serviço. No Estado, 412 bloqueios foram realizados. Os dados, que foram divulgados na última sexta-feira (19) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), mostram que o país teve 12.591 alertas de bloqueio.

VEJA MAIS

[[(standard.Article) Projeto Celular Seguro alcança um milhão de usuários em menos de duas semanas]]

[[(standard.Article) Celular Seguro: veja o passo a passo de como usar o aplicativo para bloquear aparelho roubado]]

[[(standard.Article) Ministério da Justiça lança aplicativo para enfrentar roubos e furtos de celulares]]

Segundo os dados do MJSP, roubo ((5.496) e furto (3.965) foram os tipos de ocorrência mais comum citados pelos 1.234.718 usuários, dentre os 954.278 celulares registrados. Além disso, foram 818.850 pessoas de confiança cadastradas.

Os cinco estados com maior número de bloqueios no Celular Seguro foram: São Paulo (3.288), Rio de Janeiro (1.567), Bahia (940), Pernambuco (904) e Minas Gerais (778). Roraima (22), Acre (25), Amapá (40), Mato Grosso do Sul (71) e Rondônia (72), foram os cinco que menos tiveram bloqueios.

O Celular Seguro opera como um botão de emergência a ser utilizado apenas em casos de perda, furto ou roubo do celular, garantindo um bloqueio rápido do aparelho e dos dispositivos digitais. A ferramenta não permite desbloqueio. Caso o usuário emita um alerta, mas recupere o telefone, será necessário solicitar os acessos entrando em contato com a operadora e os bancos, seguindo os procedimentos descritos nos termos de uso.

O Ministério da Justiça enfatiza que a plataforma opera em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e não acessa dados do telefone do usuário. Adverte ainda sobre fake news relacionadas ao seu funcionamento, destacando que o governo federal não envia e-mails ou links, e o registro deve ser feito diretamente pelo usuário no site ou baixando o aplicativo, sem intermediários suspeitos.

Veja a lista completa de bloqueios por estados:

São Paulo — 3.288
Rio de Janeiro — 1.567
Bahia — 940
Pernambuco — 904
Minas Gerais — 778
Ceará — 674
Amazonas — 494
Pará — 412
Distrito Federal — 404
Paraná — 380
Maranhão — 351
Rio Grande do Sul — 343
Santa Catarina — 272
Goiás — 270
Espírito Santo — 254
Rio Grande do Norte — 239
Paraíba — 215
Piauí — 180
Alagoas — 141
Sergipe — 96
Mato Grosso — 82
Tocantins — 77
Roraima — 22
Acre — 25
Amapá — 40
Mato Grosso do Sul — 71
Rondônia — 72

O aplicativo estará disponível para download gratuito nas lojas de aplicativos, seja dos dispositivos Android, na PlayStore, seja para os aparelhos Iphone, na App Store. Abaixo, veja o passo a passo de como usar o aplicativo para bloquear aparelho roubado:

1.     Baixe o app Celular Seguro BR (Android | iOS);

2.     Na tela inicial, selecione “Pessoas de confiança”;

3.     Selecione o celular furtado ou roubado;

4.     Selecione “Alerta” e forneça todos os dados solicitados;

5.     Toque em “Emitir” para finalizar o procedimento.

Pelo computador

Se você tiver acesso a um computador, não precisa pedir para que algum dos contatos de confiança faça o bloqueio.

1.     Acesse o site do Celular Seguro (celularseguro.mj.gov.br);

2.     Fala login com sua conta Gov.br;

3.     Selecione “Registrar ocorrência”;

4.     Selecione o celular furtado ou roubado em “Meus telefones”;

5.     Selecione “Alerta” e forneça todos os dados solicitados;

6.     Escolha a opção “Emitir” para encerrar o registro.

Fonte: Pará – O Liberal.com 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade