quinta-feira, maio 23, 2024
23.7 C
Portel

CBF se posiciona sobre atos racistas no Brasileirão

A CBF se manifestou após os casos de racismo no futebol brasileiro no final de semana.
O órgão disse que segue protocolos e que vai requisitar aos clubes envolvidos a apresentar informações sobre o que foi feito em relação aos episódios.
A entidade ainda afirmou que julga os casos dentro dos parâmetros do RGC (Regulamento Geral de Competições) com base nos dados coletados.- Paysandu perde na estreia de novo técnicoA CBF também declarou que “não tem poder punitivo nem de polícia e, por isso mesmo, encaminha suas considerações e recomendações ao STJD e à Comissão de Ética, para que sejam tomadas as devidas providências no âmbito desportivo e também perante o poder público e demais instâncias”.
OS EPISÓDIOS DE RACISMO
Tomas Bastos, do CSA, afirmou ter sido vítima de injúria racial no jogo contra o Ypiranga-RS, pela Série C.
Na Arena da Baixada, um torcedor do Athletico foi flagrado fazendo gestos imitando um macaco em direção à torcida do Flamengo.
O zagueiro Rafael Dias, do Hercílio Luz, denunciou ofensas racistas sofridas no jogo contra o Aimoré-RS, pela Série D.E MAIS 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

 

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade