sexta-feira, junho 14, 2024
26.4 C
Portel

Banido do YouTube, Monark cria site “capitalista” de vídeos

Monark, conhecido por sua parceria com Igor Coelho, do Flow Podcast, foi totalmente cancelado após fazer apologia ao nazismo em um episódio do programa. Hoje em dia, ele pretende concorrer com o YouTube, site que ele foi banido.O influenciador digital Bruno Aiub, mais conhecido como Monark, anunciou nesta segunda-feira (15), o lançamento da plataforma Bunker555, uma iniciativa que ele afirma ser uma concorrência direta ao YouTube. Monark, que havia sido banido da rede social em 2022 após declarar que um partido nazista no Brasil deveria ser “reconhecido pela lei”, revelou a novidade em seu perfil no X (antigo Twitter).
A Bunker555, segundo Monark, é um “site capitalista” e se proclama “100% livre de censura”. Na página inicial da plataforma, o influenciador escreveu: “Se você não se indignou com o que aconteceu comigo, essa plataforma não é para você”.CONTEÚDO RELACIONADOVídeo: Gretchen rebate críticas sobre suas partes íntimasAna Maria Braga relembra 1º beijo gay em novelas da GloboAos 73 anos, Sidney Magal revela ser bissexualA assinatura da Bunker555 está disponível por R$ 20 por mês, e Monark destaca que ao aderir à plataforma, o usuário demonstra “apoio” e “ajuda a manter a esperança na Justiça”.CANCELAMENTO 
O lançamento da Bunker555 ocorre após Monark ter sido banido do YouTube em 2022 devido a declarações feitas durante o “Flow Podcast”, onde ele entrevistava os congressistas Kim Kataguiri (União Brasil-SP) e Tabata Amaral (PSB-SP). Na ocasião, Monark afirmou que um eventual partido nazista no Brasil deveria ser “reconhecido pela lei”. Essa declaração gerou repúdio e resultou em sua saída do “Estúdios Flow” e na perda da monetização do canal.Quer saber mais notícias de entretenimento? Acesse o nosso canal no WhatsApp”SINCERÃO”Monark, agora, alega ser “um dos únicos que fala a verdade na internet e luta contra a censura e tirania do STF”. Após o incidente, ele criou o podcast “Monark Talks” na plataforma Rumble, tentou criar um novo canal no YouTube, mas foi impedido pela plataforma. O lançamento da Bunker555 marca sua mais recente incursão na cena digital, buscando um espaço independente e livre de restrições.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade