sexta-feira, junho 14, 2024
23.3 C
Portel

2024 começa com folia pelas ruas de Belém

Em Belém, o primeiro dia do ano de 2024 será de carnaval nas ruas. Três agremiações das Escolas de Samba Associadas – ESA farão cortejos culturais em vários bairros da cidade transformando o feriadão em folia de momo. O Rancho Não Posso Me Amofiná vai garantir a alegria do bairro do Jurunas; o Grêmio Recreativo e Escola de Samba Piratas da Batucada, que completa 50 anos no dia 1º de janeiro, celebrará suas bodas de ouro nas ruas da Pedreira; e o Império de Samba Quem São Eles também vai garantir a festa das famílias que estiverem no Complexo Ver-o-Rio, na Avenida Marechal Hermes.Fernando “Guga” Gomes, presidente das Escolas de Samba Associadas – ESA, destacou a importância dessas agremiações tomarem as ruas, e juntas, mostrarem a força do carnaval paraense.CONTEÚDOS RELACIONADOS: “Carnavalize” anuncia bloco de pré-carnaval em BelémCarnaval já esquenta os tamborins pelos bairros de Belém

“É de extrema necessidade que o movimento cultural das escolas de samba de Belém assuma as ruas nesse primeiro dia do ano, além de garantir a festa para as famílias que ficaram em Belém, é uma oportunidade de mostrar sua força, de mostrar que estão preparadas para o carnaval e de chamar a atenção e falar que estão fazendo carnaval, o carnaval são quatro dias de folia, mas, que movimenta o ano todo, movimenta a economia, movimenta suas comunidades, então ir para a rua é mostrar seu carnaval”, destacou o presidente.FAZENDO HISTÓRIAA escola de samba Piratas da Batucada festejará seus 50 anos de existência convidando sua comunidade, torcedores e simpatizantes para celebrar e relembrar juntos a sua trajetória.“Estamos preparando uma festa linda, vamos tomar as ruas do bairro da Pedreira para festejar 50 anos, festejar um novo ano que se aproxima e relembrar nossa trajetória nesse meio século de existência. Em 2020, conquistamos nosso primeiro título no grupo especial e sem dúvidas faremos um grande desfile em 2024, para buscar novamente esse campeonato” declarou Ricardo Fernandes, presidente do Piratas da Batucada.Quer mais notícias de entretenimento? Acesse nosso canal no WhatsAppJá o Rancho Não Posso me Amofiná, no primeiro dia do ano, traz a Belém seu intérprete oficial Bruno Ribas, diretamente do Rio de Janeiro, Ribas tem passagens históricas pelas agremiações cariocas Unidos da Tijuca e Imperatriz Leopoldinense. Este ano, ele desembarca em Belém do Pará para cantar o enredo em homenagem aos 90 anos da escola de samba jurunense, a primeira agremiação carnavalesca do estado.Enquanto isso, o Umarizal vai ferver com o arrastão cultural do Império de Samba Quem São Eles, o “Quemzão”, como é popularmente conhecido. A bateria e seus quesitos sairão do Complexo Ver-o-Rio, a partir da Avenida Marechal Hermes e seguirão pela Avenida Visconde de Souza Franco (Doca), com destino ao Sindicato dos Bancários, na Rua 28 de Setembro.Na chegada do cortejo, a festa é por conta da bateria da escola, a “Orquestra de Percussão” do Maestro Pedro Paulo.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade