sábado, maio 25, 2024
23.2 C
Portel

Vídeo: sucuri de 7 metros é encontrada boiando em rio

Um vídeo chocante, publicado por um pescador, viralizou nas redes sociais nesta semana. O tamanho do animal presente nas filmagens impressionou os internautas.Jacaré gigante é capturado por pescadores no Marajó Uma sucuri de 7 metros foi encontrada morta no Rio Dourados, em Deodápolis (MS), aparentemente após se alimentar de uma presa.Vídeo: pescadores filmam enorme animal nadando no rio  O triste episódio foi filmado por Antônio Marcos da Silva Oliveira, o guia de pesca que avistou a cobra boiando. Ele lamentou a morte do animal. “Olha o tamanho dessa sucuri. É uma pena ver isso na natureza, um animal que, muitas vezes, não faz mal ao ser humano”, disse. Apesar de identificarem a serpente, os pescadores decidiram deixá-la no rio.Com a repercussão do vídeo no Instagram, os internautas fizeram questão de comentar o fato. “Ela foi muito olho grande, morreu entalada”, comentou um usuário. “Vai ver a mãe dela não era igual a minha, que sempre disse para não nadar depois de comer… Deve ter dado congestão…”, disse outro.Ao portal Metrópoles, o biólogo Bruno Mantovani fez questão de lembrar dos riscos e consequências de matar animais silvestres. A ação pode trazer prejuízos ao meio ambiente, como o desequilíbrio de espécies no ecossistema e a destruição de ambientes naturais. Além disso, é ilegal matar, perseguir, caçar, apanhar, ou utilizar espécimes da fauna silvestre, de acordo com a Lei nº 9.605/1998, podendo acarretar detenção de 6 meses a 1 ano e multa. Ainda segundo o biólogo, é importante preservar a fauna e a flora para que a prática da pesca possa continuar “como conhecemos”.Veja o vídeo: 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade