segunda-feira, julho 15, 2024
34.4 C
Portel

Vídeo: chefes do crime tombam após confronto com a Polícia

Dois principais suspeitos de coordenarem e articularem crimes morreram durante uma troca de tiros com soldados da Polícia Militar de Redenção, no sul do Pará, no último fim de semana.A ação fatídica da dupla aconteceu na manhã do último sábado (6), durante uma tentativa de abordagem de uma guarnição policial do 7º Batalhão de Polícia Militar de Redenção, a um veículo que trafegava em atitude suspeita pelas ruas do Setor Santos Dumont. De acordo com informações da polícia, os agentes que realizavam o trabalho de ronda ostensiva pelo Setor Santos Dumont, quando avistaram e resolveram fazer a abordagem do veículo modelo Gol, de cor preta, placa NKY-3922.Ao perceber a aproximação da viatura policial, o motorista conhecido por Ramon acelerou o carro, enquanto o comparsa que viajava no banco do carona, conhecido por Manoel Júnior, vulgo “Pernalonga” passou atirar contra os policiais. Houve perseguição e intensa troca de tiros até que a dupla resolveu deixar o carro e se refugiar em uma casa no Setor Santos. Foi feito o cerco policial e, na refrega, os dois suspeitos acabaram levando pior.Veja também:Policiais militares salvam moradores de casa pegando fogoForagido de Minas Gerais é preso em bar no sul do ParáHomem de 26 anos é executado em via pública em MarabáAtingido pelos disparos, “Pernalonga” ainda chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas acabou morrendo a caminho do hospital. A troca de tiros aconteceu em plena luz do dia e causou intranquilidade nos moradores do populoso setor. Os suspeitos ainda ostentavam armamentos nas redes sociais, como você vê no vídeo abaixo: 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

 Segundo a polícia, os dois mortos eram considerados “torres” (encarregado de movimentar e coordenar os outros integrantes da facção), da facção criminosa Comando Vermelho, sendo considerados pela polícia como homens da pesada que atuavam em diversas áreas do crime. Nas redes sociais, um dos suspeitos exibia armas, munição e ostentava uma vida de luxo e ostentação. Além de armamento de grosso calibre, que frequentemente era postado nos status dos suspeitos. A polícia acredita que os homens atuavam na prática delituosa na cidade de Redenção e região. (Dinho Santos)

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade