segunda-feira, junho 17, 2024
23.8 C
Portel

Sheetara perde a chance de suceder Amanda Nunes no UFC

O reinado de Amanda Nunes no UFC tem uma nova sucessora, mas, infelizmente, ela não é brasileira. Em um confronto bastante disputado, uma lutadora mineira viu o cinturão escapar de suas mãos. No último sábado (20), durante o ‘co-main event’ do UFC 297, que aconteceu no Canadá, o cinturão peso-galo feminino do UFC encontrou uma nova detentora após a aposentadoria de Amanda Nunes. A mineira Mayra Sheetara teve sua invencibilidade na categoria interrompida ao ser derrotada pela estadunidense Raquel Pennington, por decisão unânime dos juízes.CONTEÚDOS RELACIONADOS: UFC: Lesão tira rival e Amanda Lemos enfrenta Mackenzie DernDeiveson Figueiredo é favorito nas apostas contra ex-campeão

Mayra Sheetara, que havia acumulado três vitórias e um ‘no contest’ desde sua ascensão para a categoria dos galos em abril de 2022, enfrentou a norte-americana em uma batalha intensa. O ‘no contest’ ocorreu devido a um resultado anulado após Sheetara ter sido flagrada no antidoping por uma substância proibida presente em um medicamento para TDAH, originalmente utilizado contra a ex-campeã Holly Holm.
Raquel Pennington, aos 35 anos, conquistou o título peso-galo do UFC em sua segunda tentativa. Em 2018, a americana havia sido derrotada por Amanda Nunes, considerada uma das maiores lutadoras de todos os tempos na categoria.Quer mais notícias de esporte? Acesse nosso canal no WhatsApp
A luta entre Sheetara e Pennington foi intensa desde o início. No primeiro round, a brasileira teve vantagem na trocação e dominou no grappling, conseguindo derrubar Pennington e assumir as costas. No segundo round, Raquel voltou com mais volume de golpes, enquanto Sheetara buscou a luta agarrada, mas enfrentou dificuldades com os socos potentes da oponente.
O terceiro round foi marcado pela luta agarrada na grade, com Sheetara parecendo mais cansada e levando desvantagem. No quarto round, Pennington demonstrou superioridade física, conectando golpes significativos, enquanto Sheetara, mesmo desgastada, tentava finalizações.
No quinto e último assalto, a norte-americana manteve a diferença de velocidade e poder nos golpes, conquistando vantagem sobre Sheetara, que buscou a luta agarrada, caindo no chão em uma técnica de sacrifício. Pennington assegurou a vitória por pontos ao manter o domínio tático, consolidando-se como a nova campeã peso-galo feminino do UFC.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade