quarta-feira, maio 22, 2024
24.9 C
Portel

Polícia prende 7 torcedores por racismo contra Vini Jr 

A Polícia da Espanha informou que no total sete torcedores foram presos. Três deles pelos insultos racistas na partida entre Valencia e Real Madrid, e os outros quatro pela simulação de enforcamento com um boneco que usava a camisa de Vini Jr em janeiro deste ano.
A investigação, que contou com a colaboração do Valencia Football Club, continua aberta para identificar outros possíveis autores de condutas semelhantes. A investigação começou no último domingo durante a partida de futebol entre o Valencia Club de Fútbol e o Real Madrid, que teve que ser suspensa temporariamente durante o segundo tempo devido a insultos e gestos com conotações racistas dirigidos ao jogador do Real Madrid.
Segundo a Polícia Nacional, agentes identificaram um dos alegados autores e posteriormente os investigadores realizaram várias diligências que culminaram na identificação de outros dois alegados autores. Eles finalmente foram presos na manhã desta terça, dois em Valência e um em um município próximo, como supostos autores de um crime de ódio.⚠️ÚLTIMA HORA⚠️La @policia ha detenido hoy en #Valencia a 3 jóvenes por las conductas racistas ocurridas el pasado domingo en el encuentro entre el #ValenciaCF y el #RealMadrid STOP #delitosdeodio pic.twitter.com/gKrJuuG7ZX— Policía Nacional (@policia) May 23, 2023 Também nesta terça, a polícia espanhola prendeu quatro suspeitos de pendurar um boneco enforcado com a camisa do atacante brasileiro em uma ponte de Madri no dia 26 de janeiro.
Vinicius Júnior foi ofendido aos cantos de “macaco” por torcedores do Valencia. Ele chamou o árbitro e chegou a apontar um dos agressores. Após uma confusão com jogadores do time adversário, Vini Jr. acabou sendo expulso.
Polícia promete cerco aos racistas
A Polícia Nacional da Espanha postou um vídeo nesta terça-feira (23) anunciando a prisão de quatro homens suspeitos de praticar racismo contra o jogador Vinicius Júnior. Eles teriam pendurado em uma ponte da capital espanhola um boneco enforcado usando a camiseta do jogador brasileiro do Real Madrid no dia 26 de janeiro. “Este tipo de mensagem é crime. É um crime de ódio, e o perseguiremos”, diz a policial (veja abaixo). Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Policía Nacional (@policianacional) No vídeo, uma policial feminina destaca que a Polícia Nacional já investigava o caso ocorrido há quatro meses e estava no encalço dos suspeitos. Coincidência ou não, a prisão ocorre justamente após um novo caso de racismo contra Vini Jr., chamar a atenção e provocar a revolta no mundo: neste domingo (21), o brasileiro foi vítima de cantos racistas da torcida do Valencia. 

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade