sexta-feira, junho 14, 2024
23.3 C
Portel

Nota do Enem: divulgação aumenta expectativa pelos listões de aprovados

A divulgação das notas dos candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2023), pelo Ministério da Educação (MEC)/Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ontem (16), possibilitou a 2.734.100 candidatos conferirem seu desempenho na disputa pelo acesso a um curso superior, e, também, aumentou a expectativa deles pela divulgação dos listões dos processos seletivos deste ano pelas instituições de ensino. Desse total de candidatos, somente houve 60 notas mil (máxima) na Redação, sendo 4 de escola pública no Brasil. O Pará teve 3 notas máximas, todas da rede particular de ensino. 

As notas puderam ser acessadas na Página do Participante, disponibilizada pelo Inep, após coletiva dada pelo ministro da Educação, Camilo Santana, e do presidente do Instituto, Manuel Palácios. Como divulgou o Inep, de acordo com os resultados da aplicação, metade dos jovens brasileiros que concluíram o ensino médio em 2023 participou do exame. Quando se observa apenas o ensino público, o número é um pouco menor: 46% dos estudantes concluintes de escolas públicas fizeram o Enem 2023. 

Segundo o Inep, no total de concluintes do ensino médio e participação no Enem (escolas públicas e privadas) o Pará teve 85.638 matrículas, 61.045 inscritos, 71,3% inscrição; 48.039 participantes, 78,7% de participação dos inscritos e 56,1% de participação dos concluintes. No total de concluintes do ensino médio e participação no Enem, rede pública, o Pará registrou 76.424 matrículas, 53.258 inscritos, 69,7% inscrição, 40.551 participantes, 76,1% de participação dos inscritos e 53,1% de participação dos concluintes.  

 

ara o ministro da Educação, Camilo Santana, é preciso entender o motivo disso e, a partir de dados concretos, tomar decisões mais assertivas que ampliem a participação dos concluintes. “O nosso grande objetivo é sensibilizar os jovens brasileiros sobre a importância do Enem. Com esse objetivo, vamos articular ações com as redes estaduais e identificar o motivo dessa baixa”, destacou. Em sua avaliação, dois fatores precisam ser considerados: concluintes que não se inscreveram no exame e concluintes inscritos que não compareceram à prova. O Inep fará pesquisa sobre esse processo relacionado 

Acesssos

O Inep orienta que, com as notas em mãos, os participantes agora podem pleitear uma vaga gratuita pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), uma bolsa de estudo pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) ou um financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A inscrição ao processo seletivo do Sisu 2024 será de 22 a 25 de janeiro, por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. Serão ofertadas 264.360 vagas. 

O edital do Prouni 2024, com o cronograma do programa, será publicado nesta quarta-feira, 17 de janeiro. Consulta a bolsas estará disponível a partir desta sexta-feira (19). As inscrições começarão no dia 29 deste mês e seguirão até 1º de fevereiro. As inscrições ao Fies começarão em março. A nota do Enem pode ser utilizad ainda em processos seletivos de instituições portuguesas.

Redação

Os dados alarmantes sobre as notas na Redação do Enem 2023 foram analisados pelo professor Antonio Neto, do colégio Gentil Bittencourt e do Colégio Integrado (público), no Conjunto Médici, em Belém (PA), destaca um contexto que merece atenção não apenas pelos candidatos, mas também pelas famílias e toda a sociedade. 

Antonio Neto pontua que “em uma época de inteligência artificial, na qual muitos jovens procuram “modelos” de textos para tentar aprender a escrever é até compreensível essa quantidade tão pequena comparada aos milhões que fazem a prova”. “A falta de leitura, de raciocínio lógico, de argumentação, de repertórios socioculturais faz dessa geração um aglomerado de robôs repetindo fórmulas desgastadas, enquanto professores tentam ensinar-lhes a pensar. Mas como fazer isso se a tecnologia toma a maior parte do tempo (de maneira errada) das pessoas? Pesquisas em sites confiáveis ficaram raras. Vale a informação, não o conhecimento…”, ressalta.

“Quatro alunos de rede pública do Brasil conseguiram a nota máxima. Isso é um feito, pois na maioria das vezes nós, professores, tentamos ensinar em mínimas condições aos nossos alunos (sem ar condicionado nas salas, sem bebedouro nas escolas, sem material de qualidade…). A família é fundamental na busca por uma mudança. Incentivo à leitura, discussões de notícias, assistir a filmes juntos, conversar sobre os acontecimentos despertam no jovem a busca por um texto autoral (quem sabe, uma redação nota mil?). Afinal, a leitura e a escrita podem mudar a realidade de muitos”, assevera.

Listões

A Universidade Federal do Pará (UFPA) informou nesta terça, acerca da edição 2024 do Processo Seletivo da instituição, que “leva em torno de 10 dias úteis para o processamento do listão após a liberação das notas do Enem pelo Inep para as instituições”. Desse modo, a partir do dia 26 deste mês a instituição poderá divulgar a lista dos aprovados. A UFPA oferta 7.644 vagas no PS 2024.

No caso da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), são duas as formas de ingresso nessa instituição: pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e pelo Processo Seletivo Próprio (Prosel). Em 2024, a Ufra vai ofertar 2.240 vagas ( 1.135 pelo Sisu e 1.105 pelo Processo Seletivo próprio, ambos utilizando as notas do Enem). “A primeira oferta de vagas será pelo Sisu, que é organizado pelo Ministério da Educação. O Sisu abre as inscrições de 22 a 25 de janeiro de 2024, com resultado no dia 30 de janeiro. Em março, serão abertas as inscrições para o Prosel da Ufra, ainda sem cronograma e edital disponível e que irá ofertar a outra metade das vagas”, informa essa universidade, nesta terça-feira.

Já Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) informa que “o resultado da primeira lista dos selecionados via SISU será divulgado no dia 5 de fevereiro”. São ofertadas 1.360 vagas.

A Universidade Federal do Oeste do Pará(Ufopa) informa que estarão abertas, de 23 de janeiro a 23 de fevereiro, as inscrições para o Processo Seletivo Regular (PSR) da instituição (https://www.ufopa.edu.br/ufopa/). Neste ano, serão ofertadas 1.448 vagas, sendo 1.168 vagas para os cursos do Campus Santarém, 36 vagas para o curso do Campus Alenquer, 36 vagas para o curso do Campus Monte Alegre, 64 vagas para os cursos do Campus Oriximiná, 36 vagas para o curso do Campus Itaituba, 72 vagas para os cursos do Campus Juruti e 36 vagas para o curso do Campus Óbidos. As inscrições, regidas pelo edital nº 97/2023-CPPS/Ufopa, serão realizadas exclusivamente por meio de sistemas eletrônicos. Somente poderão realizar inscrição no PSR/Ufopa 2024 aqueles candidatos que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em pelo menos uma das edições realizadas no período de 2020 a 2023. A previsão é de que o primeiro listão saia em abril.

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) informa que ainda não está definida a data de divulgação do listão dos aprovados no vestibular deste ano, com 3.586 vagas.

O Instituto Federal do Pará (IFPA) ainda não tem data definida para divulgar o listão dos aprovados no Processo Seletivo Unificado (PSU).

Confira as previsões de divulgação dos listões dos aprovados;

– UFPA: 26 de janeiro

– UFRA: Sisu, em fevereiro; Prosel, sem previsão

– Unifesspa: 5 de fevereiro

– Ufopa: em abril

– Uepa: sem previsão

– IFPA: sem previsão
 

Fonte: Pará – O Liberal.com 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade