terça-feira, junho 25, 2024
25.8 C
Portel

Goleiro denuncia oferta de suborno por R$ 10 mil na Copinha

A última rodada da fase de grupos da Copinha 2024 contou com uma tentativa frustrada de manipulação de resultados, com um apostador oferecendo R$ 10 mil a um dos jogadores do torneio.
O homem mandou mensagem para um goleiro envolvido na partida Nacional 0x1 Avaí, ocorrida ontem no Estádio Comendador Souza, na capital paulista. O nome do atleta e sua equipe não foi revelados.CONTEÚDO RELACIONADOOs lances mais inusitados da Copinha até aqui. Veja o vídeoRemo perde de novo e dá adeus à Copinha sem nenhuma vitóriaQuais as causas para a eliminação do Remo na Copinha?
O objetivo era fazer com que o jogador aceitasse tomar dois gols antes do intervalo. O pagamento de R$ 10 mil sairia dos ganhos em uma casa de apostas esportivas.
Quer ler mais notícia sobre a Copinha? Acesse nosso canal no WhatsApp.O goleiro não topou entrar no esquema e acionou a FPF (Federação Paulista de Futebol), que acionou a Polícia Civil e a Stats Perform, empresa parceira responsável pelo monitoramento de casas de apostas em todo o mundo.
O autor da tentativa de crime foi identificado e encontrado pelos policiais da DRADE (Delegacia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva).
Ele foi conduzido à delegacia, confessou a prática às autoridades e acabou indiciado. O apostador responderá às acusações em liberdade.
A FPF emitiu uma nota sobre o assunto. A federação reafirmou a “ação preventiva” que faz com os jogadores e elogiou a atitude do goleiro.LEIA A NOTA DA FPF
“A Federação Paulista de Futebol informa que tomou conhecimento de uma suposta tentativa de manipulação de resultado antes da partida Nacional-SP x Avaí-SC, pela Copa São Paulo de Futebol Jr., realizada na terça-feira (9), e imediatamente acionou a Polícia Civil e a Stats Perform, empresa parceira responsável pelo monitoramento de casas de apostas em todo o mundo.
A denúncia recebida e a consequente ação preventiva da FPF impediram a concretização da suposta tentativa de manipulação.
A FPF tem realizado uma ofensiva contra a manipulação de jogos nesta Copinha por meio de palestras preventivas para todos os atletas, membros de comissões técnicas e diretores das sedes com orientações e diretrizes.
A FPF é a entidade esportiva pioneira no combate à manipulação de competições e resultados, com ações práticas desde 2015, pela criação do Comitê de Integridade, monitoramento de partidas em tempo real e acordo de cooperação firmado em 2020 com a SIGA (Sport Integrity Global Alliance), principal organização de integridade no esporte.”VEJA MAIS:

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade