quarta-feira, maio 29, 2024
26.3 C
Portel

Em evento em NY, Helder defende mercado de carbono

Com a articulação internacional para o Pará sediar uma edição da Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP 30) e a necessidade dos players globais financiarem a recuperação e desenvolvimento socioambiental da Amazônia, o governador paraense e presidente do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal (CAL), Helder Barbalho, participou, nesta terça-feira (09), do Lide Brazil Investment Forum, em Nova York, nos Estados Unidos. Helder Barbalho ministrou a palestra com o tema “O Pará e a Nova economia da Amazônia”. Na oportunidade, voltou a pleitear a necessidade do Congresso Nacional de regulamentar o Marco do crédito de carbono e e reiterou que a medida abre janelas de oportunidades para o potencial de conservação da biodiversidade e desenvolvimento da bioeconomia. “Que o Congresso Nacional possa juntar todas as legislações e ideias para construir as condições necessárias para que possamos alavancar, a partir do carbono, a nova economia do Brasil e do planeta. Que as oportunidades possam surgir para construirmos a consolidação do nosso ativo econômico a partir do pilar da sustentabilidade social, olhando pelas pessoas, e sustentabilidade econômica e ambiental”, disse. Helder Barbalho também destacou que, dentro das oportunidades geradas pela bioeconomia, a captura do CO2 tem que ser vista como uma nova commodity capaz de gerar aberturas, desde os povos tradicionais ou pequenos produtores até o agronegócio e ao uso de tecnologias de ponta. Leia mais Territórios pela Paz zeram crimes com mortes em BelémSustentabilidade: comunidades transformadas na Amazônia“Em nosso estado, trabalhamos para estimular as oportunidades já existentes em áreas em que somos grandes players, como o agronegócio e a exploração mineral, com a economia de baixo carbono e empregos verdes. É nisto que gostaria de estimular os presentes neste evento. Que possamos fazer da bioeconomia uma grande e nova oportunidade”, ponderou o chefe do Poder Executivo Estadual paraense. Ainda durante a palestra, o governador Helder Barbalho ponderou que o diálogo do Brasil com o mundo passa pela pauta da Amazônia. “A proteção da Amazônia coloca o país no debate mundial, mas a negligência retira o Brasil de todo e qualquer debate. Seja do ambiental, político ou econômico. Aqui os senhores dialogam transversalmente com o planeta e é importante que saibam o que temos feito”, alertou. “No último ano tivemos a maior redução da linha histórica de desmatamento, reduzindo 21% comparando os anos de 2022 e 2023. Já comparando a estratificação deste ano de 2023, tivemos o melhor mês de abril da histórica com 71% de redução comparado com o mesmo período de 2022. No acumulado do ano de 2023, já chegamos em 45% de redução. Este é um importante ativo para ser destacado porque a proteção da Amazônia coloca o país no debate mundial”, ponderou. Reunião – O chefe do Poder Executivo Estadual paraense compôs mesa com os governadores do Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, além dos prefeitos de Rio de Janeiro e São Paulo. Também estavam presentes no evento o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão (MDB), o ex-presidente Michel Temer e 250 empresários do Brasil e dos Estados Unidos.O LIDE – Grupo de Líderes Empresariais realiza o Lide Brazil Investment Forum em Nova York, nos Estados Unidos, que reúne empresários para gerar negócios e alavancar investimentos no Brasil.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade