segunda-feira, junho 24, 2024
25.8 C
Portel

Dois homens são presos por “sequestro relâmpago” em Belém

Muita gente desconhece o termo “Roubo Majorado”,  um acréscimo de pena para quem cometeu o crime. Ele é configurado quando o suspeito, além de efetuar o delito, comete graves ameaças ou violações contra a vítima.

A Polícia Civil do Pará, por meio da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DRFRVA), deflagrou a operação “Start” nesta terça-feira (09), em Belém, visando o cumprimento de dois mandados de prisão temporária por crimes de roubo majorado pelo emprego de arma de fogo, concurso de pessoas e extorsão qualificada com restrição de liberdade da vítima através de “sequestro relâmpago”. 
Na ação, três homens armados solicitaram uma corrida a um motorista de aplicativo, se passando por passageiros. No momento em que chegaram ao destino, roubaram aparelhos celulares e dinheiro, obrigando a vítima a fornecer a senha de aplicativos bancários e realizar transferências de valores.CONTEÚDO RELACIONADOHomem que estuprou e matou adolescente será julgado em BelémPará apreende mais de 8 toneladas de drogas em 2023Pará: polícia apreende mais de R$ 40 mil em drogas em barcoCARRO RECUPERADO
Os criminosos transitaram pelas ruas de Belém por quatro horas e, posteriormente, abandonaram a vítima em uma região periférica, momento em que empreenderam fuga com o veículo. Alguns dias após o roubo, o automóvel foi recuperado pelas equipes policiais.
“A atuação eficiente e as diligências ininterruptas realizadas por equipes da DRFRVA/DRCO foram essenciais para a identificação e captura da dupla responsável pelas infrações penais, bem como o apoio das demais equipes da PCPA”, comunicou Walter Resende, delegado-geral da Polícia Civil do Pará.ACHADOS E PRESOS
Há ainda, a participação de uma mulher no delito, que já teve a prisão decretada. Os dois homens capturados foram conduzidos à unidade policial, onde são mantidos à disposição do Poder Judiciário. 
“Continuaremos agindo para reprimir esse tipo de ação delituosa, buscando garantir a segurança de motoristas e passageiros. Ressaltamos a importância da denúncia da população e o registro da ocorrência pelas vítimas com a maior quantidade de detalhes possível para subsidiar as investigações desenvolvidas pela polícia judiciária”, destacou Flávio Meireles, delegado titular da DRCO/DRFRVA. Quer saber mais notícias do Pará? Acesse o nosso canal no WhatsApp
A Polícia Civil segue em diligências para identificação de outros envolvidos e cumprimento do terceiro mandado de prisão.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias

Acessibilidade